Permissões em apps



As chamadas permissões têm relações com a nossa segurança.

Cada uma nos informa do que será utilizado do nosso celular pelo soft que estamos instalando. Se instalamos uma câmera fotográfica então ele pedirá acesso ao dispositivo de câmera, bem como fotos e mémoria (para poder salvar as fotos que o usuário tirar). Se a câmera também grava vídeo então será necessário acesso ao microfone, afinal, um vídeo sem som é bem incomum.

Entretanto muitos apps pedem coisas desnecessárias, como registros de ligações ou autorização para saber a posição geográfica do usuário; bem como PII, termo de segurança da informação e que se refere às informações de identificação pessoal.

O fato é que os dados do usuário podem dizer o perfil de consumo dele e isso tem valor de mercado. Um fabricante pode fazer uma aplicação simples, como um editor de texto, soft de desenho ou aquela máquina fofográfica e com isso, quando o instalamos, automaticamente o desenvolvedor tem acesso a muitas informações de interesse.

 

Na prática...

Aqui dois aplicativos como exemplo.

 

O app de laterna, claro, precisa de uma permissão para lidar com a luz de flash da câmera; porém ele pede coisas que não tem nada a ver com isso, como é o caso da localização.

Já o programa da série i-Kids (i-Tech, iP...) é desenvolvido no intuito de ajudar na educação e formação, não tendo interesse em coletar dados pessoais, motivo pelo qual não “se pede” permissões desnecessárias como a localização do usuário, etc.

Portanto devemos ser espertos durante uma instalação e lermos o que diz as permissões. Simples!


Saiba mais sobre apps para Android em Instalando Apk.




www.000webhost.com